majority-minority-votes-compressor.png

Democracia participativa

A política e o exercício democrático começam nas cidades. Para pensar uma série de soluções  e melhorias para Belo Horizonte, precisamos almejar um novo olhar pra cidade. 

 

Como analista internacional, ativista pelos direitos humanos e pela democracia, defendo pra Beagá uma cidade mais alinhada com os objetivos de desenvolvimento sustentável pautados pela AGENDA 2030 das Nações Unidas. 

 

Para executar esses objetivos, precisamos formular políticas e diagnósticos baseados em evidências principalmente de quem VIVE na cidade. Precisamos participar de forma cada vez mais ativa e engajada da construção dessas soluções urbanas.

 

Por isso, luto por uma #BEAGÁPARTICIPATIVA