Eixos complementares para pensar a bh que queremos

Participação democrática

Ouvir para agir

É fundamental que a sociedade civil participe da identificação de soluções para os problemas que envolvem diretamente sua realidade. É possível fazer isso através da organização de conselhos e assembleias populares, assim como em rodas de conversa quinzenais em gabinetes compartilhados. Por meio do debate, é possível identificar problemas e encontrar, de forma conjunta, soluções para eles. Me comprometo com a realização de gabinetes itinerantes e participativos com os belo-horizontinos.

Coleta seletiva

Dignidade no tratamento do lixo

O manuseio digno do lixo deve ser um direito de todo trabalhador da coleta seletiva. Vamos propor projetos que incentivem a separação do lixo orgânico do reciclável, sujeitando a transgressão da regra a uma sanção.

Coleta para todos

Trabalharemos para expandir a área de atuação das equipes da Superintendência de Limpeza Urbana (SLU) no que se refere ao serviço de coleta seletiva porta a porta. Todo cidadão belo-horizontino possui o direito de contribuir para um melhor tratamento do lixo.

Segurança pública

Segurança no trajeto

Garantir a iluminação apropriada de todos os pontos de ônibus da cidade de Belo Horizonte e iniciar a implantação de postes inteligentes nessas localidades, que permitam o carregamento do celular e a utilização de uma rede Wi-Fi.

Atendimento especializado às vítimas de violência 

Implementar treinamentos que permitam um melhor atendimento da Guarda Municipal aos casos de violência contra a mulher e que a prepare também para um atendimento mais humanizado no que se refere aos grupos LGBT e à população negra.

Juventude

Juventude integrada e preparada 


Incentivar a realização e participação da juventude em projetos, palestras e congressos voltados para profissionalização e capacitação técnica. A empregabilidade deve ser uma preocupação dos centros universitários e do ambiente público. 

Cultura

Beagá cultural

Belo Horizonte é uma cidade que possui vocação cultural. Trabalharemos para a realização de eventos culturais que promovam artistas locais e que atendam os mais diversos públicos. 

Belo Horizonte para todos

Pode não parecer, mas Belo Horizonte abriga uma população imigrante significativa. Não facilitar a troca entre diferentes culturas é sacrificar um largo capital humano e um importante potencial de aprendizado e crescimento. Trabalharemos para a realização de feiras multiculturais que tornem Belo Horizonte uma cidade verdadeiramente de todos.

Preservação de parques

Todo cuidado é pouco: Cuide de Beagá!

Junto ao terceiro setor, realizaremos ações aos finais de semana que incentivem a população a participar ativamente da preservação e limpeza de nossos parques e praças.

Animais

Uma cidade sem abandono


É possível diminuir a população de cães abandonados sem sacrificá-los. Debateremos a implementação de multas elevadas para quem abandonar cães em lugares não apropriados (ruas) e vamos propor a implementação de uma campanha ampla de proteção além de investir na conscientização sobre os benefícios da adoção no lugar da compra de cães de raça.

Internacionalização

“Nossa luta pela sustentabilidade global será vencida ou perdida nas cidades” (Ban Ki-moon).


Intercâmbio Sustentável


Debater e propor projetos que incentivem a realização de intercâmbios entre servidores públicos de Belo Horizonte e de outras cidades que apresentem uma atuação destacada na implementação de tecnologias disruptivas no que se refere ao desenvolvimento sustentável.


Transparência para resultados


Debater uma legislação que incentive o Executivo e o Legislativo municipal a gerar relatórios regulares concernente a implementação dos objetivos da Agenda 2030.


BH conectada com o mundo


Criar projetos e parcerias com diversos atores sociais chave na construção de acordos de cooperação internacional com a cidade de Belo Horizonte para gerar inovação e melhoria em áreas importantes da cidade, como a mobilidade urbana. Além de fomentar a construção de um ecossistema mais ligado a ações e boas práticas internacionais com cidades vizinhas.